Operação combate pornografia infantil no Brasil e em mais 6 países

O sambista, compositor e radialista Elton Medeiros morreu aos 89 anos vítima de complicações decorrentes de uma pneumonia na noite desta terça-feira (3) em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio.

Segundo o sobrinho do artista, Elton Medeiros já havia sido internado por um mês em um hospital em Copacabana, mas voltou para casa para receber cuidados a domicílio.

Na segunda-feira (2), o sambista passou mal e foi levado para a Casa de Saúde Pinheiro Machado, onde morreu por volta das 20h15 desta terça-feira (3).

Elton Medeiros era um dos maiores nomes do sambra brasileiro. O artista integrou o grupo Os Cinco Crioulos junto com Nelson Sargento, que o chamava de O Grande Mestre.

O sambista compôs diversas músicas, tocando também com nomes como Paulinho da Viola, Cartola, Nelson Cavaquinho, entre outros grandes sambistas.

A última canção de autoria de Elton Medeiros foi “O Sol Nascerá”, em parceria com Cartola. A música é tema de abertura da novela “Bom Sucesso”, da TV Globo, gravada por Zeca Pagodinho e Teresa Cristina.

A composição, que é de 1961, também havia sido gravada por Nara Leão e Elis Regina.

O enterro do artista será às 15h30 desta quarta-feira (4), no Cemitério do Catumbi, na Zona Norte do Rio. O velório vai ser realizado a partir das 14h, diz o G1.

Trajetória no samba

Elton Medeiros compunha os primeiros sambas e saía em blocos carnavalescos já aos 14 anos de idade.

Mais tarde, ele fundaria o bloco Tupi de Brás de Pina, posteriormente elevado à condição de escola de samba.

Transferiu-se para a Escola de Samba Aprendizes de Lucas, onde permaneceu até a recente fusão com a Unidos da Capela, a atual Escola de Samba Unidos de Lucas.

Elton, que era atuante nos movimentos em prol da música popular brasileira, fundou a Ala dos Compositores de Aprendizes de Lucas e foi um dos grandes incentivadores do Zicartola, célebre bar criado pelo também sambista Cartola e a esposa, Dona Zica.

O Grande Mestre também participou de musicais como o Rosa de Ouro e, com o poeta Walmir Ayala, escreveu o espetáculo Chão de Estrelas, baseado na vida do compositor Orestes Barbosa.

04/09/2019