Motorista de aplicativo foi morto por ciúmes de namorado de passageira

Em entrevista à imprensa na manha desta terça-feira, dia 02, a polícia informou que o motorista por aplicativo, Rayniere Torres, de 35 anos, que estava desaparecido desde a última quinta-feira (27), foi morto pelo namorado de uma passageira, com quem ele, supostamente, mantinha um relacionamento amoroso.

Ainda de acordo com informações da polícia, a menor de 17 anos, já havia realizado três corridas com a vítima. No entanto, na quinta durante a última corrida que foi feita com destino para o Eustáquio Gomes, parte alta da capital alagoana, Rayniere acabou sendo assassinado.

Os agentes contaram ainda que o acusado teria flagrado a troca de mensagens no Whatssapp da namorada com Rayniery Torres.

O motorista foi enforcado com uma corda e, em seguida, o corpo foi levado para um matagal, onde foi encontrado nesta terça. Os acusados dos crimes, que estão presos, apontaram para polícia onde estava o corpo de Rayniery, assim como alguns pertences da vítima que foram recuperados.

No local do crime, os policiais encontraram um aparelho de celular que será periciado para saber se pertencia ao motorista.

Ao todo, seis pessoas participaram do crime, sendo três de forma direta e três de forma indireta.

02/07/2019